Blog

Vamos falar sobre o Google?

Vamos falar sobre o Google?

Search Engine Marketing (SEM): Links Patrocinados e SEO

 

Nesse mês resolvi falar um pouco sobre Search Engine Marketing.

Que diabos é isso, Beatriz?

Calma que eu traduzo: Search Engine Marketing  nada mais é do que o marketing feito e pensado com base nas ferramentas de busca como o Google, Bing e Yahoo. O SEM, como também é chamado, engloba, principalmente, duas atividades: links patrocinados e SEO (Search Engine Optimization). Antes de explicar o que significa cada uma delas e para que servem, vou contextualizar um pouco a importância que as ferramentas de busca têm na nossa vida hoje.

Quem aí consegue viver sem o Google?

São raros os que vão responder que sim, certo? Isso porque a busca faz parte da nossa rotina diária e permeia vários momentos da comunicação. Quando queremos saber como fazer algo? Google! Quando queremos saber o preço de algum produto? Google! Quando queremos conhecer mais de uma marca? Google!

Quase tudo hoje envolve esse universo da busca. E olha só que dados interessantes do Google e PewResearch:

– 80 a 90% das pessoas usam a busca, o que significa alta penetração no mercado;

– 51% dos consumidores fazem uma busca após serem impactados por um anúncio de televisão;

– 73% das pessoas confiam nas informações encontradas a busca.

O que isso quer dizer em termos de marketing? Que se a sua marca não está no Google e as marcas dos seus concorrentes estão, você tem um problema sério ou, no mínimo, está desperdiçando uma baita oportunidade de estar onde as maiorias das pessoas estão.

Uma maneira de resolver isso é conhecendo os mecanismos que envolvem a presença das marcas no ambiente dos buscadores. Vou me basear no funcionamento do Google, pois é ele quem domina o mercado nessa área. Vamos comigo?

Links Patrocinados

Segundo o IAB Brasil, os links patrocinados são “um sistema no qual os anunciantes pagam para estarem presente nas páginas de resultado dos sites de busca, através de anúncios de textos que são ativados a partir de uma palavra-chave selecionada”. Traduzindo em imagens, os links patrocinados seriam isso aqui:

Search Engine Marketing Links Patrocinados SEO

 

Os links patrocinados ajudam a empresa em vários aspectos. Através deles é possível obter um tráfego maior para o site, melhorar performance de venda no caso de um e-commerce ou gerar visibilidade para a empresa.

As campanhas de links patrocinados são complexas, mas você pode tentar aprender sozinho. Não é impossível. O recomendável, se você não domina a ferramenta, é contratar uma agência especializada com referências e cases de sucesso.

Não ensinarei a fazer uma campanha de links patrocinados aqui, mas acho importante ressaltar alguns aspectos importantes sobre eles:

Seu custo é variável e depende do valor que o anunciante estabelece por clique. Cada clique que uma pessoa fizer no anúncio, vai gerar um custo “x”, mesmo que essa pessoa não compre no site.

O retorno é alto, mas será proporcional ao investimento e ao custo por clique médio. Se a sua empresa não for uma marca super mega power, melhor começar investindo em outra opção de marketing primeiro (SEO, por exemplo).

Os links patrocinados são uma mídia extremamente democrática, pois o investimento inicial pode ser mínimo. Mas, como já disse, o retorno será proporcional.

O custo por aquisição de cliente costuma ser baixo.

Dica: se você quer saber mais sobre o tema, o Google – através do Google Adwords, que é o lugar onde você cria as campanhas de links patrocinados – disponibiliza muito material sobre o assunto. Também há diversas certificações aplicadas pelo Google para quem deseja trabalhar na área. Agências sérias exigem certificações anuais dos seus funcionários.

SEO: Search Engine Optimization

 

Search Engine Marketing Links Patrocinados SEO

 

Pois bem, vocês já conhecem a ferramenta paga que o Google disponibiliza para as marcas aparecem em suas redes de pesquisa. Mas há maneiras de ficar na primeira página do buscador – essa deve ser sua meta – sem ter que pagar muito para isso. Como fazer? Através do SEO – Search Engine Optimization.

Segundo Gustavo Bacchin, sócio-fundador e COO da Agência Cadastra, há mais de 16 anos no mercado digital, SEO “é um conjunto de melhores práticas e estratégias que tem como objetivo otimizar a presença, a visibilidade e experiência de uma marca (plataforma e conteúdos digitais) nos resultados orgânicos de busca”.

Através de melhorias no seu site, no seu conteúdo, na experiência que o usuário tem e na sua reputação na rede é possível chegar ao topo do Google. Obviamente que, se comparado aos links patrocinados, o SEO é um trabalho com resultados a longo prazo. Alguns aspectos importantes:

– Os custos costumam ser fixos, pois o investimento é em pessoal e/ou agências que façam esse trabalho;

– O potencial de retorno é muito alto, pois não há custo por clique;

– Geralmente o investimento mínimo é para contratar uma equipe ou consultoria na área;

– Custo por aquisição de clientes costuma ser alto no início e baixo a longo prazo, geralmente superando qualquer outra fonte de tráfego e mídia.

A regra aqui é pensar, a todo o momento, o que é bom para o usuário, pois também será bom para o Google. O buscador tem como prioridade número um a experiência das pessoas em sua ferramenta. Portanto, nada de site que demore para carregar, repleto de spam, domínio de difícil entendimento, servidor que vive caindo e deixando o site fora do ar, urls não amigáveis, imagens de resolução altíssima, conteúdo ruim, site que não roda no mobile, entre tantas outras coisas. É preciso cuidar de tudo isso para ter um desempenho bacana no Google.

***

Munido dessas informações você já pode começar a planejar a presença da sua marca na rede de pesquisa. A importância é inegável e os benefícios dependerão da qualidade do trabalho nessa área. Bora começar?

Espero que tenham gostado do texto! Dúvidas, sugestões e feedbacks, fiquem à vontade!

Compartilhe